Você sabe qual a importância da contabilidade para o setor financeiro empresarial?

Empreender exige uma série de habilidades e conhecimentos, que devem estar muito bem alinhados, para atingir os objetivos traçados. Obviamente, não basta ter uma boa ideia, é preciso complementar essa boa ideia com práticas e serviços funcionais, tornando o empreendimento viável e sólido.

Uma dessas exigências essenciais para o sucesso empresarial, tem a ver com um setor específico que influencia no desenvolvimento de praticamente todas as ações da empresa. Trata-se da famosa CONTABILIDADE.

A CONTABILIDADE E SAÚDE FINANCEIRA

De modo geral, é comum a noção de que a contabilidade é um serviço voltado ao pagamento de imposto. Embora tal afirmação não esteja errada, ela é bem simplista. O papel do setor de contabilidade vai muito além disso, atuando como fator decisivo na saúde financeira de uma empresa.

Qualquer negócio, independentemente do segmento, envolve captação, aplicação e manutenção de recursos. Dentro disso, há práticas que determinam efetivamente uma boa ou má gestão financeira, como compras, vendas, faturamentos, fluxos de caixas, custos fixos, investimentos etc.

Portanto, o setor de contabilidade recolhe todas essas informações relacionadas aos recursos da empresa, para a partir daí, permitir uma estratégia de gestão financeira condizente com as necessidades e exigências específicas de cada negócio.

Isto é, a contabilidade recolhe, registra, formata e analisa dados que se relacionam com os recursos de determinada empresa, o que possibilita um planejamento mais embasado.

Mas, objetivamente, quais seriam as responsabilidades mais centrais do setor de contabilidade? Confira!

FUNÇÕES DO SETOR DE CONTABILIDADE

• Acompanhamento e auxílio no pagamento de impostos;

• Escrituração de dados contábeis e geração de demonstrações;

• Levantamentos e balancetes sobre a situação patrimonial da empresa;

• Repasse de obrigações acessórias;

• Recuperação de impostos;

• Fechamento e abertura de empresa;

Como visto, a contabilidade estabelece relação com práticas importantíssimas para o funcionamento da empresa. Além disso, é a partir desses serviços que a gestão financeira pode traçar objetivos de crescimento e desenvolvimento de um negócio.

IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE NO DESENVOLVIMENTO DE UMA EMPRESA

Atualmente, as empresas mais consolidadas a atentas promovem uma integração entre os setores de contabilidade e gestão financeira. A justificativa dessa conexão é simples: sabendo, com precisão, todas as obrigações e exigências às quais o negócio está sujeito, é possível visualizar melhor como os recursos podem ser utilizados.

Tal integração vem se tornando ainda mais aplicada com o desenvolvimento da tecnologia da informação, que permite recolher informações com mais rapidez e qualidade. Assim, cada vez mais as empresas têm condições de ampliar a as possibilidades de acerto nas tomadas de decisões.

Por exemplo, relacionando as atividades de determinada empresa com as obrigações tributárias dela, o setor de contabilidade pode propor um regime de tributos mais adequado, economizando recursos para empresa ou, ainda, ao perceber algum tipo de alteração na legislação tributária, cabe ao contador repassar essas atualizações, livrando a empresa da possibilidade de multas e tributos indevidos.

BRASCONT – CONTABILIDADE

Gostou das nossas dicas para a gestão de sua empresa? Então, conheça os serviços de contabilidade da Brascont

Especializada no ramo de contabilidade autopeças, a Brascont oferece todo o suporte contábil necessário para que seu negócio prospere e se consolide. Falou em contabilidade Osasco, falou em Brascont!

Será que o comércio automotivo no Brasil vai morrer? Veja aqui

Com a retomada do crescimento econômico em 2017 no setor automotivo, a produção da frota vem crescendo consideravelmente, segundo pesquisas da ANFAVEA – Associação Nacional dos Fabricantes De Veículos Automotores, houve um crescimento no mês de março de 18,1%, com relação ao mesmo período em 2016, e uma taxa de 24% se comparado com primeiro trimestre do ano passado.

Com a indústria automotiva dando sinais positivos de desenvolvimento, as vendas também cresceram, foram registradas altas de 39,4% em relação a fevereiro de 2017 e 5,5% se comparado com o mesmo período do ano anterior.

Um grande reflexo foi apresentado também na exportação e licenciamento de veículos no atual momento.

Os desafios ainda existem no setor do comércio automotivo, porém ele está longe de morrer, e para se destacarem as empresas precisam se adequar ao momento de expansão que vem sendo anunciado.

Os clientes atuais estão trocando a compra por impulso e preferindo adquirir o produto de forma mais consciente onde qualidade e os benefícios são itens importantes. E pensando em todo esse cenário, é necessário se adaptar aos desafios

Desafios do comércio automotivo em 2017. Como superá-los?

         1-Organização dos dados financeiros e contábeis

Para maximizar lucros é necessário a organização do orçamento empresarial com foco na expansão do comércio, trabalhando dentro de um orçamento harmonioso a empresa terá ganhos expressivos.

O equilíbrio entre, vendas, caixa, despesas e custos, compras e marketing aumentarão a rentabilidade do negócio. E um olhar atento do gestor sobre o aspecto financeiro da empresa é um grande passo rumo ao futuro saudável do seu comércio.

        2-Controle dos Custos

Com mudanças de estratégias direcionadas aos mercados em ascensão e a globalização, o desafio é grande de manter padrões internacionais em veículos prontos. Com objetivo de se manter atualizada e rentável a indústria automotiva precisa enxugar custos em todo o caminho que o veículo percorre, desde sua produção até a comercialização.

É Importante que o empresário empenhe seus esforços para que medidas eficazes tragam resultados satisfatórios.

       3-Se adequar ao consumidor

Com a popularização de meios de transporte individuais, parte dos consumidores está optando por não possuir carros próprios, sendo assim o comércio deve se organizar para atender a necessidade de um novo público, utilizando estratégias para conquistar e manter clientes.

       4-Oferecer diferencial

Mais que fabricação ou venda é de vital importância oferecer novidades tecnológicas em concessionárias e serviços complementares, que estão cada vez mais se moldando e atendendo de forma personalizada e exclusiva seus clientes, encontrando maneiras inovadoras de alcançar e conquistar o consumidor, investir nesse sentido é retorno garantido ao empreendedor.

       5-Transformação digital

Um relatório emitido pelo Fórum Econômico Mundial mostra que o segmento de autopeças irá gerar de 10% a 15% da receita total de maneira online até o ano de 2025. A China se mostra o mercado mais atraente no crescimento do mundo digital no setor.

Com isso se torna imprescindível o olhar sobre novas tecnologias e investimentos na área digital, englobando marketing e comercialização.

Os empreendedores de indústrias automotivas que começarem a se preparar para o futuro agora, terão grandes ganhos, ainda hoje, os donos de veículos automotores se preocupam com manutenções preventivas conforme os quilômetros rodados, mas em um futuro bem próximo, o veículo poderá estar ligado a concessionária, para alertá-lo sobre prazos e até mesmo fazer o agendamento automático para serviços e revisões.

Grandes desafios são previstos para o ano de 2017, mas com um bom planejamento financeiro combinado a ajustes para seguir as novidades tecnológicas do segmento, o comércio automotivo não só tem lugar garantido no mercado como também tem excelentes perspectivas de crescimento e desenvolvimento Mundial.

Por isso a dica é prepare-se, se recicle, mantenha-se aberto e atento às mudanças no setor, invista em propaganda e organização digital, conheça e aproxime-se do consumidor e isso fará com que tenha muito sucesso financeiro em seu empreendimento.

Até a próxima!