5 ideias de empreendedorismo para mulheres

Conciliar a rotina de casa, filhos e trabalho é uma tarefa difícil para as mulheres. A gravidez, por exemplo, faz com que o mercado de trabalho feche as portas para muitas trabalhadoras. É aí que muitas delas resolvem apostar no empreendedorismo.

Ao longo dos últimos anos, o número de mulheres empreendedoras aumentou no país. Os dados do Sebrae, em parceria com a empresa de pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), mostram que, entre 2017 e 2018, a proporção de mulheres empreendedoras saltou de 38% para 45%.

No total, a estimativa é que existam 24 milhões de trabalhadoras com o próprio negócio, contra 28 milhões de homens. Esse número, no entanto, vem crescendo. Isso, porque as empreendedoras brasileiras costumam ter um nível de escolaridade 16% maior do que os homens.

5 ideias de empreendedorismo para mulheres

Se você deseja entrar no ramo do empreendedorismo, mas não sabe por onde começar, separamos algumas ideias que irão te inspirar. Para auxiliá-la nesse processo, você pode contatar a nossa ajuda via WhatsApp.

Que tal a culinária profissional?

Nesse segmento, a trabalhadora escolhe algo que já costuma fazer como um hobby, seja preparando aquele jantar ou aquela sobremesa especial. Por exemplo, salgadinhos para festas e eventos, marmitas e brigadeiros, são ideias que podem fazer você ganhar dinheiro.

No início, o preparo pode ser em casa mesmo. Para concretizar os planos, você precisa de uma cozinha que suporte a atividade, tempo e, é claro, bons fornecedores.

Conforme o negócio for prosperando, é possível abrir o próprio restaurante. Na busca por uma alimentação mais saudável, tem aumentado a procura por uma dieta vegetariana ou vegana. Essa é uma tendência, portanto, na qual a empreendedora pode apostar.

Sustentabilidade + tecnologia nos bares

A tecnologia tem se tornado uma aliada do segmento da alimentação, principalmente por causa dos novos aplicativos de entrega, como iFood, Uber Eats e Rappi. Investir em bares que aderem a essa modalidade de entrega é fundamental para a sobrevivência no século XXI.

Por isso, a empreendedora precisa repensar alguns conceitos, como o tipo de embalagem que utiliza e como consegue adaptar o conceito de sustentabilidade ao negócio.

Evitar o desperdício de alimentos, investir em produtos orgânicos, apostar no hambúrguer vegano, aquele feito à base de plantas, e descobrir as bebidas fermentadas e não alcoólicas são algumas das novidades de empreendedorismo.

Moda inclusiva

Hoje, o setor está percebendo que é preciso abraçar a diversidade de corpos e medidas. Por exemplo, roupas sem zíperes e sem botões para pessoas com deficiência e modelos estilizados para plus size são ideias de negócios para as mulheres apostarem.

Mulheres no setor automotivo

Tradicionalmente demarcado pelo perfil masculino, as mulheres têm conquistado espaço no setor automotivo. Isso, porque o número de motoristas também tem aumentado.

Ou seja, mulheres preferem ser atendidas por outras mulheres. Então, se você gosta do setor, por que não apostar em uma oficina mecânica, por exemplo, comandada apenas pelo sexo feminino?

Marida de aluguel

Sabe aqueles reparos que toda residência precisa? Se você sabe trocar chuveiro, arrumar torneiras, pintar paredes e instalar luminárias, esse segmento é para você. Com mais pessoas morando sozinhas, a procura por serviços assim tende a aumentar.

Participar de cursos de pedreiro, edificações, eletricista são algumas das possibilidades para as empreendedoras que pretendem se aventurar na área.

O que achou das ideias? Para colocá-las em prática, você precisa organizar as finanças. Que tal receber o auxílio de uma empresa de contabilidade? Solicite nosso contato via WhatsApp.

 

WhatsApp contabilidade em são paulo

7 dicas para as mulheres que desejam abrir o seu próprio negócio

Você sabe o que precisa para abrir seu negócio e ser uma empreendedora de sucesso? Se a resposta for não, veja neste post 7 dicas para mulheres empreendedoras abrirem seu próprio negócio e se destacar no mundo empresarial. Veja abaixo essas dicas essenciais para empreendedores:

Conheça bem o ramo de negócio

A primeira dica é ter um bom conhecimento da área em que deseja abrir seu negócio. São raras as pessoas que empreendem sem ter um conhecimento profundo da área e conseguem obter sucesso em seu negócio.

Se você está disposta a investir, mas ainda não tem ideia de um negócio que seja lucrativo, aposte em franquias. Esse ramo é ideal para quem deseja empreender com mais assertividade e sem tantos riscos.

Ignore comentários

Muita gente vai falar para você abrir uma loja de roupas, perfumes, confeitaria, etc. Mas ignore esse machismo presente na sociedade. Se você tem experiência e conhecimento profundo em uma área diferente dessas citadas, utilize esse conhecimento a seu favor e abra um negócio fazendo aquilo que sabe de melhor.

Tenha um plano de negócio

Um erro de empreendedores de primeira viagem é iniciar a empresa sem ter um plano de negócios concreto. Claro, o mundo do empreendedorismo exige uma porcentagem de risco. Mas esse risco pode ser controlado e planejado por meio do plano de negócio.

No plano de negócio você terá uma pesquisa de mercado, vai conhecer seus concorrentes, ponto de equilíbrio, meta de vendas, fornecedores, perfil de clientes, entre outros itens para fazer um negócio de sucesso.

Se você não sabe ou não tem ideia de como é feito um plano de negócios, conheça nossa consultoria para empresas e saiba como nós podemos ajudá-lo!

Aposte em marketing digital

Nenhum negócio sobrevive por muito tempo sem uma boa estratégia de marketing. Por isso, utilize as ferramentas de marketing digital a seu favor. Crie um site bacana, divulgue seu negócio nas redes sociais e busque interação com sua audiência. Por um custo bem mais atrativo do que a mídia tradicional, você consegue fortalecer a sua marca e aumentar a visibilidade da sua empresa.

Aproveite também para fortalecer o seu nome como empreendedora. Mostre para sua audiência o seu exemplo como mulher empreendedora e ganhe cada vez mais admiração das pessoas e dos seus clientes.

Conte com a ajuda da tecnologia para gerenciar seu negócio

Independente da área em que deseja empreender, a utilização da tecnologia será fundamental. Um exemplo são os softwares de gestão empresarial (ERP). Eles integram os diversos setores da empresa e centralizam as informações para uma melhor gestão dos processos.

Outra vantagem dos softwares de gestão é poder gerenciar sua empresa de qualquer lugar, pois as informações podem ser acessadas de qualquer dispositivo conectado a internet. Por isso, não deixe de investir em ferramentas tecnológicas que facilitem o trabalho na empresa.

Teste o produto ou serviço antes de iniciar a empresa

Antes de iniciar as operações do seu negócio, é bem importante ter um feedback sobre o seu produto ou serviço. Isso inclui saber a qualidade, se existe demanda, se o produto é bem aceito, se o preço é justo, se existe uma boa margem de lucro, entre outros quesitos.

Isso evita que você abra um negócio e se frustre com a falta de clientes, por exemplo.

Formalize sua empresa e tenha segurança jurídica

Por fim, faça a formalização do seu negócio e tenha segurança jurídica para operar sua empresa. Isso evita problemas com órgãos de fiscalização como Receita Federal, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, etc.

Além disso, você terá CNPJ, alvarás de funcionamento, poderá emitir notas fiscais, ter acesso aos benefícios previdenciários, pode contar com empréstimos e crédito de instituições financeiras, entre diversas outras vantagens ao formalizar seu negócio.

Gostou dessas dicas? Entre em contato conosco e tenha a melhor consultoria em contabilidade para o seu futuro negócio crescer e alcançar o sucesso.

 

WhatsApp contabilidade em são paulo

Quais os desafios encontrados pelas mulheres no setor de empreendedorismo?

Ser mulher nunca foi fácil e no mundo do empreendedorismo não é diferente. Felizmente, cada vez mais encontramos mulheres entrando no universo corporativo e abrindo seu próprio negócio. Entretanto, embora seja um assunto bastante discutido, ainda existem inúmeros desafios e barreiras enfrentados pelo sexo feminino nesse setor.

Empreender já é uma ação corajosa para qualquer um. Tirar as ideias do papel e dar início a um processo burocrático, demorado e, muitas vezes, desanimador, em meio ao enorme fluxo da concorrência, é uma tarefa complicada e que exige muita paciência, dedicação e esforço.

Agora, some todos esses obstáculos com o fato de ser mulher e pronto: encontramos um cenário mais difícil e cheio de desigualdades. Não é novidade para ninguém que, mesmo com mudanças importantes em relação aos direitos das mulheres, o ambiente corporativo tende a facilitar a vida dos homens, com salários mais altos (de acordo com pesquisa salarial da Catho) e preferência em cargos gerenciais (de acordo com o IBGE, mulheres ocupam apenas 38% dos cargos de chefia mesmo representando 51,7% do mercado de trabalho).

Mesmo com o aumento de mulheres empreendedoras em uma sociedade moderna e que levanta discussões e pautas fundamentais em prol do sexo feminino, são muitos os desafios que ainda precisam ser superados.

Quer saber mais sobre os desafios enfrentados pelas mulheres no empreendedorismo? Então, continue a leitura e confira os principais obstáculos. Você também pode entrar em contato conosco para consultar nossos serviços disponíveis. Estamos prontos para te ajudar!

O machismo

Dentre todos os desafios, conviver em um ambiente extremamente machista é um dos principais obstáculos enfrentados por mulheres. Claro que já existem debates em pauta há anos sobre esse assunto, entretanto, comentários e pensamentos discriminatórios, inclusive de pré-conceitos estabelecidos ainda são frequentes.

Muitas empresas dão preferência para contratação de homens, principalmente em setores em que a presença masculina é maior, como informática ou engenharia. O espaço para mulheres desenvolverem suas habilidades se torna limitado, já que os investimentos são inferiores ou até mesmo inexistentes.

Infelizmente, ainda existe muito preconceito e desigualdade no mundo do empreendedorismo. Entretanto, muitos estudos já indicam que as mulheres estão cada vez mais influentes na área, encontrando seu espaço e motivações no mercado.

Falta de incentivo

Com um cenário tão desanimador, encontrar ânimo e coragem para enfrentar as barreiras do empreendedorismo não é uma tarefa fácil. Muitas mulheres acabam desistindo sem nem ao menos tentar. A falta de incentivo de familiares e amigos também pode abalar a autoconfiança, fazendo com que a mulher não confie no seu próprio potencial.

Os preconceitos já enraizados na nossa cultura também têm grande influência para aumentar o desânimo e desestimular as mulheres que querem começar a empreender ou que já estão inseridas no mercado. Por isso, é fundamental buscar inspiração em casos de sucesso e não se deixar abalar por críticas ou falta de incentivo.

A dupla jornada

Conciliar vida pessoal e profissional já é um desafio por si só. Para as mulheres, então, existe um esforço redobrado, já que muitas, além de administrar o financeiro, ainda precisam ter tempo para os filhos e tarefas domésticas.

É como se o trabalho não acabasse nunca, afetando não somente o físico, mas também o psicológico. Empreender e cuidar da família são dois trabalhos que exigem muito da mulher, mas que no final são responsáveis por trazer satisfação e orgulho.

Dificuldade em conseguir investidores

Relacionado à desigualdade social, conseguir investidores para negócios comandados por mulheres também é um assunto delicado. Segundo levantamento feito pelo Global Entrepreneurship Development Institute, menos de 10% conseguem recursos para investimento.

Em um ambiente predominantemente masculino, muitas mulheres acabam recorrendo aos próprios recursos para manter a sua empresa em pé e viva no mercado.

Portanto, é fundamental planejar e continuar lutando para que o cenário mude em favor das mulheres, caminhando para uma sociedade mais justa e igualitária.

Gostou de saber sobre o assunto? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, nosso atendimento é rápido e eficiente!

 

WhatsApp contabilidade em são paulo